Nem todas as redacções são iguais

O Bizarro quando se transformou num site chegou a ter uma espécie de redacção, contudo era um bocado caótica e sempre sofreu de um mal: não existia um hierarquia bem definida. Parte do problema era derivado de, a partir de determinada altura, eu ter deixado de ser editor mas continuar a ser o editor.

Algo que não aconteceu por eu gostar de ingerir em responsabilidades alheias, simplesmente em certas alturas era preciso colocar as coisas a mexer, para que o projecto não parasse como veio a suceder assim que me desliguei de vez.

Agora, o aCalopsia é uma situação diferente. Independentemente de virem a existir outras pessoas a ter responsabilidades editoriais, a última palavra é mesmo minha. Não quer dizer que não deixe as outras pessoas moldarem o projecto, mas existem certos aspectos que estão definidos. Se os outros não concordarem não faz mal, escusam é de me fazer perder tempo e de perderem o tempo deles.

A principal diferença entre o Bizarro e o aCalopsia é que o primeiro existiu numa altura em que eu já estava farto da mundinho da BD, de ser editor, e queria mesmo passar a pasta, por completo. Aliás, o Bizarro só existiu enquanto projecto editorial porque o João Machado estava, supostamente, na altura interessado na ideia do Bizarro enquanto plataforma de publicação e divulgação online. Eu, quando criei o site do Bizarro estava simplesmente a criar uma plataforma para poder publicar algum material de modo a poder atingir uma audiência mais vasta com os recursos que possuía. Na realidade nunca planeei continuar a editar o Bizarro, o site era suposto ser – como acabou por ser – o canto do cisne desse projecto. Agora o aCalopsia, desde o início que foi concebido para ter uma continuidade, dentro das possibilidades existentes. Só não estava nos planos era transforma-se num projecto informativo, algo que veio dar-me um trabalho extra, e que tem implicado algumas dores de cabeça.

Para existir enquanto projecto informativo, o aCalopsia, como qualquer outro projecto similar, nunca pode fruto do trabalho de uma só pessoa.

Anúncios

One thought on “Nem todas as redacções são iguais

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s